top of page

ÁFRICA

download(1).jpg
46919820_10155525546462531_4644266751276613632_n.jpg
WhatsApp Image 2021-08-29 at 18.46.34.jpeg

Babatunde Allen Bakare

NIGERIA

tundebakare1@yahoo.com

 

Bakare Babatunde Allen é de Ifaki, no Estado de Ekiti, Nigéria. Formou-se Bacharel em Artes com Honras, Certificado em Artes Dramáticas e Música pela Obafemi Awolowo University Ile-Ife entre 1996 e 2003. 

Em 2005, Dr. Bakare obteve o certificado em Literatura Britânica e Irlandesa na University of Edinburgh, na Escócia. 

Completou seu Mestrado em Estudos sobre Ibsen, no Centro de Estudos de Ibsen da University of Oslo, na Noruega em 2008. Trabalhou como produtor e roteirista para a African Independent Television (AIT), em Abuja por mais de 5 anos. Completou o Doutorado em Drama e Estudos Teatrais pela Stellenbosch University, na Africa do Sul em 2018. 

Bakare tem lecionado teatro e drama por sete anos nas Nasarawa State University e Bowen University, em Nigéria. Suas áreas de interesse são Teatro e Drama Africano e Performance, Direção, Produção Midiática (TV, Rádio e Cinema), Literatura Dramática, Contação de Histórias, Performance Oral Africana e Literatura, Historia do Teatro, Literatura Africana, Britânica, Estadunidense e Norueguesa. Bakare tem publicado em revistas acadêmicas de padrões reputáveis tanto localmente, como internacionalmente.

Daniel Appiah-Adjei

GANA

dappiah-adjei@ug.edu.gh

 

Daniel Appiah-Adjei leciona dramaturgia no Departamento de Artes Teatrais, na Escola de Artes Cênicas, University of Ghana, Legon, em Acra. Possui bacharelado em Estudos Teatrais, Mestrado em Belas Artes (MFA), e Doutorado em Crítica Teatral, tudo pela University of Ghana, Legon. 

Já trabalhou com muitos grupos teatrais como dramaturgo, poeta, ator, diretor e acadêmico. É também fundador da Palace Players Theatre Company, uma casinha-teatro para crianças entre 8 e 16 anos.

Daniel Appiah-Adjei publicou muitas peças, incluindo: Atobra, Freedom In Chains, Death On Trial, The Tears of Lucifer, Funeral Ahead of Time, Seek Ye (Children’s Play), The Fools in Paradise, A Virgin Once Again, The Queen in the Church, Tweneboa Kodua- (The Sacrificial Legend), Mathew Chapter Four e Sansankroma (The Vessel of Our Destiny).

Daniel enxerga o Autêntico Teatro Africano como Teatro de Símbolos, essa visão se reflete em suas peças, romances, poemas e artigos acadêmicos. Seu interesse reside amplamente na promoção da Cultura Africana, com ações voltadas especificamente aos jovens e sua compreensão cultural e liderança. Daniel é um líder tradicional de Gana.

Abdelmajid Azouine

MARROCOS

majid6023@hotmail.com

 

É professor de teatro e história da arte na Faculdade de Letras e Ciências Humanas da Université Mohammed V, Rabat.

WhatsApp Image 2022-02-17 at 15.32.34.jpeg

Dina Amin

EGITO

dinaamin@yahoo.com

 

Dina Amin, Mestre, Doutora, é diretora de cena, professora associada de Teatro e diretora do Programa de Teatro na The American University in Cairo. Foi professora associada de Drama e Performance no Departamento de Inglês, da Faculdade de Artes, na Cairo University por dez anos. Foi diretora geral do CIFCET de 2014-2019. Amin é autora de Alfred Farag and Egyptian Theater (2008), coeditora de Salaam: Anthology of Middle-Eastern-American Drama (2009), e From Orientalists to Arabists: The Shifts in Arabic Literary Studies, Journal of Arabic Literature (2010). Amin possui doutorado em Literatura Dramática pela University of Pennsylvania, mestrado em Direção pela Carnegie Mellon University e bacharelado em Inglês e Literatura Comparada na The American University in Cairo. Recebeu o prêmio West Coast Drama Clan Award (em honra de William Ball) de melhor direção na CMU por sua produção de A Lady from the Sea, de Ibsen. Faz direção de cena em inglês e árabe, nos EUA e no Egito. Sua produção mais recente foi Shababik `Attia (As Janelas de Attia) na The American University in Cairo, em 2021. Entre seus outros créditos de direção estão: Hikayat `Alina (2019), Al-Farafir (Flip Flop and His Master, 2017), Arden (uma adaptação egípcia de Um Sonho de uma Noite de Verão, 2016), Matsanafneesh (Não me Rotule, 2015) Segn al-Nisaa, de FatHeyyah al-`Assa (2013), Third, de Wendy Wasserstein (2012), Beyond Therapy, de Christorpher Durang (2008). Dina Amin publicou nas principais revistas acadêmicas e traduziu um número de peças árabes para o inglês.

IMG_20201227_113725_471.jpg

Julius-Adeoye Jays ‘Rantimi

NIGÉRIA

julius.rantimi@gmail.com

 

Julius-Adeoye J. Rantimi leciona no Departamento de Teatro e e Estudos Cinematográficos da Redeemer’s University, Ede, Nigéria. Foi professor visitante na International Business School the Hague (IBSH), Holanda. Julius-Adeoye é crítico de teatro e cinema, diretor de teatro e especialista em estudos culturais. Ele apresentou trabalhos acadêmicos em muitas conferências e universidades na Europa, Ásia, América do Norte e África.

286314705_750441032665146_4045896987600899864_n.jpg

Kelvin Chikonzo

ZIMBÁBUE

kchikonzo@gmail.com

 

Kelvin Chikonzo é conferencista sênior no Departamento de Mídia Criativa e Comunicação da University of Zimbabwe. Publicou 35 artigos em periódicos e capítulos de livros. Os seus interesses de pesquisas centram-se maioritariamente na área do Teatro e do ativismo.

275415798_767570107475213_4535674888225362819_n.jpg
lb.jpg
Photo le 30-01-2018 à 09.54 #3.jpg
صورتي .JPG
download.jpg

Khalid Amine

MARROCOS

khamine55@gmail.com / K.amine@uae.ac.ma

 

Khalid Amine é Professor Sênior de Estudos da Performance, Faculdade de Letras e Humanidades da Abdelmalek Essaadi University, Tétouan, Marrocos. Ele foi pesquisador do Centro Internacional de Pesquisa “Interweaving Performance Cultures” na Freie Universität Berlin, e agora é membro do Conselho Consultivo. Ele é o vencedor do Prêmio Helsinki de 2007 da International Federation for Theatre Research (IFTR). Foi Professor Convidado Friedrich Hölderlin na Goethe-University, Frankfurt/M., Alemanha (2017/18). Desde 2007, ele é presidente fundador do International Centre for Performance Studies (ICPS) em Tânger e organizador de suas conferências internacionais anuais. Foi membro do IFTR Ex-Com (2011–2018), chefe do júri no Arab Theatre Festival (6ª edição, Sharjah 2014) e conselheiro do Saudi National Theatre (2020/2021). Entre seus livros publicados: Beyond Brecht (1996), Moroccan Theatre between East and West (2000), Fields of Silence in Moroccan Theatre (2004), Dramatic Art and the Myth of Origins (2007), Dancing on the Hyphen: Essays on Arab Theatre (2019)… Editor do Arab Journal of Performance Studies [AJPS], e também editor colaborador do New Theatre Quarterly [NTQ] (2021-2023).

Laila Belhaj

MARROCOS

lbelhaj@hotmail.com

 

Doutora em Filosofia da Arte pela Université Panthéon Sorbonne Paris 1 (1995) sob a direção do Professor Emérito Gilbert Lascaut, com a tese: Antonin Artaud et la notion de sacré, titular de um Doutoramento Estadual em Língua e Literatura Francesa (2003) sob a co-direcção do Professor Emérito Gilbert Lascaut e a direção do Professor Mohammed Essaouri, com a tese: Folie, création et mysticisme, pela Université Moulay Ismail Meknès. Especialista em terapia de transe e é membro de várias estruturas de doutorado e
tem vários alunos de doutorado sob sua direção.

Omar Fertat

MARROCOS

o.fertat@gmail.com

Omar Fertat é mestre de conferências na Université Bordeaux Montaigne. É diretor da revista de estudos teatrais Horizons/Théâtre e da coleção Monde árabe / Monde musulman nas Presses universitaires de Bordeaux. Sua última publicação é L'adaptation dans le théâtre marocain : des débuts jusqu'à nos jours (2020).

Shams Eldin Nagmeldin

SUDÃO

s_nagmeldin@yahoo.com

Graduado em Crítica e Estudos de Teatro, Mestrado em Arqueologia, Doutorado em Estudos Teatrais, e Diploma em Tradução. Atualmente, ele é Professor Associado em Estudos Teatrais na Sudan University for Science and Technology, e Chefe do Departamento de Eventos do Al Faisal Cultural Center. Ele foi o Ex. Gerente Geral do Departamento de Artes e Cultura, o Gerente Geral de Teatro Nacional e Subsecretário do Ministério da Cultura. Shams ensina muitos cursos de Drama na faculdade de Música e Drama. É membro de organizações como: Board of Trustees Arab Theatre Institute-Sharjah, e Comitê Permanente de Cultura Árabe UNESCO.

Abiola Olubunmi Adumati​​

NIGÉRIA

abiola.fasoranti@aaua.edu.ng

biolapearl@yahoo.com

fasorantiabiola@gmail.com

Abiola Olubunmi Adumati prosseguiu para a University of Ilorin, Nigéria, onde obteve um Bacharelado em Artes, Mestrado e Ph.D. em Artes Cênicas. Ela é uma diretora teatral nigeriana, praticante de teatro e estudiosa. Atualmente leciona no Departamento de Artes Cênicas, Adekunle Ajasin University, Akungba-Akoko, Ondo State, Nigéria. Sua área de interesse de pesquisa é direção de peças, atuação, escrita de roteiros de peças/danças, crítica de performance e figurino.

img.png

Samuel Mamaru

ETIÓPIA

samuel.mamaru@aau.edu.et

Sou professor de cinema no Departamento de Produção Cinematográfica da Addis Ababa University, na Etiópia, e cineasta com mais de 7 anos de experiência na indústria cinematográfica. Eu recebi meu diploma de Bacharel em Artes Teatrais pela Wollo University, Dessie, Etiópia, e meu mestrado em Produção de Cinema e TV pela Punjabi University, Patiala, Índia.
Sou um educador apaixonado que ensinou produção cinematográfica, atuação em tela e palco, roteiro de palco, edição de filme, estudos teatrais e cursos de estudos de cinema em várias faculdades e universidades governamentais e privadas.
Como cineasta, escrevi e dirigi vári
os curtas-metragens. Meus filmes frequentemente exploram temas de identidade, memória e condição humana. Também sou um membro ativo da comunidade cinematográfica, atuando em vários júris de festivais de cinema e contribuindo para publicações cinematográficas.

ty.jpg

Tewodros Yideg

ETIÓPIA

Yidegt76@gmail.com

Atualmente, sou professor na Bahir Dar University, lecionando Cinema e Artes Teatrais, com mais de oito anos de experiência. Sou especialista em Teatro Multimídia. Além disso, estou cursando doutorado em Mídia e Comunicação na Bahir Dar University, Etiópia.

prof.jpg

Christopher Odhiabo

QUÊNIA

cjodhiambo@hotmail.com

Professor de Literatura e Drama Aplicado no Departamento de Literatura, Linguística, Línguas Estrangeiras e Estudos Cinematográficos da Moi University. Ele é PhD em Drama e Artes Teatrais pela Stellenbosch University (SA), MA em Literatura (Kenyatta University), Bacharel em Educação Artística (Inglês e Literatura, Kenyatta University). Ele é o ex-reitor imediato da Escola de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação; publicou amplamente nas áreas de Literatura, Drama/Teatro Aplicado, Cultura Popular e Cinema. Apresentou artigos e palestras sobre vários tópicos em Literatura, Teatro e Cultura Popular em conferências e seminários, facilitou inúmeras oficinas de teatro e drama no Quênia e além. Escreveu e dirigiu peças de teatro. Em 2007, recebeu uma Mellon Research Fellowship de dois anos na Wits University no Departamento de Literatura Africana e Divisão de Arte Dramática e participou do desenvolvimento e implementação do currículo Drama for Life. Em 2013, foi premiado com o SPARC Distinguished Scholar Award da Wits University e também é Alexander van Humboldt Senior Research Fellow. Atualmente Presidente Nacional do Comitê Nacional do Festival de Cinema e Drama do Quênia; Co-coventor do Simpósio KDEA em Nairobi em 1997 e do Congresso Internacional de Drama e Educação (IDEA), 1998 em Kisumu. Co-PI na University of Leeds e Moi University Research sobre o uso do Teatro para o Desenvolvimento da Sexualidade Juvenil e Saúde Reprodutiva em Kisumu.

Mojisola Elufowoju.jpg

Mojisola Kareem-Elufowoju

NIGÉRIA

director@utopiatheatre.co.uk

Mojisola Kareem-Elufowoju é a fundadora, CEO e diretora artística do Utopia Theatre. Uma importante companhia de teatro africano residente no Sheffield Crucible Theatre. Ela foi diretora de equipe do The National Theatre, trabalhando em Three Sisters, de Inua Ellams. Ela recebeu a bolsa de estudos da Opera Awards Foundation de 2017, membro fundadora do Mosaic Opera Collective, diretora convidada da London Academy of Dramatic Arts, East 15, London South Bank University e University of the West of Scotland. Seu trabalho é aumentar a conscientização e aumentar a valorização da cultura africana. Ela encomenda e produz novos textos e apresenta clássicos estabelecidos dentro de um forte contexto africano e, ao fazê-lo, dissipa estereótipos e encoraja vozes autênticas da diáspora africana.

IMG-20210604-WA0078.jpg

'Tosin Kooshima Tume

NIGÉRIA

Kooshima.tume@fuoye.edu.ng

'Tosin Kooshima Tume é uma dramaturga nigeriana, artista da cena, criadora de teatro e pesquisadora. Ela possui bacharelado em inglês (University of Ilorin), mestrado em Artes Teatrais (University of Abuja) e doutorado em Artes Cênicas (University of Ilorin). Seus resultados de pesquisa são publicados em vários periódicos conceituados. Ela também tem inúmeras produções teatrais em seu currículo e, para seu crédito, várias peças premiadas e roteiros de dança que foram apresentados local e internacionalmente. Estes incluem The Victims - Association of Nigerian Authors (ANA) 2019 Drama Award, e One Jungle, Multiple Shadows – finalista do 2022 African Writers Award. Seus outros trabalhos incluem Not that Woman (2019), Blood on my Hands (2021) e Corona Palava (2022). Tume ensina no departamento de Teatro e Artes de Mídia, Federal University Oye-Ekiti, na Nigéria. Ela também é bolsista de pós-doutorado 2022/2023 com a NRF/DST South African Research Chairs Initiative (SARChI) em Geopolítica e Artes da África, no âmbito do programa de pesquisa Arts of Africa and Global South, Departamento de Belas Artes, University of Rhodes, Makhanda, na África do Sul. Seus interesses de pesquisa incluem teorias coreográficas, festivais e teatro africanos, identidades feministas na literatura e performances africanas, cultura pop e representações nas mídias sociais, adaptações de peças teatrais e tendências na prática da dança africana.

Photo 4e_edited.jpg

Jean Robert Tchamba

CAMARÕES

jrtcours@gmail.com
robert.tchamba@univ-dschang.org

Jean Robert Tchamba é um praticante de teatro, crítico teatral e de cinema, professor, chefe do Departamento de Artes Cênicas e Cinema do Instituto de Belas Artes da Université de Dschang. É autor de vários artigos publicados, livros e textos dramáticos. O seu campo de investigação acadêmica abrange essencialmente a nova escrita dramática em África e a sua ancoragem no teatro visual, nos espetáculos tradicionais africanos, no monoteatro e formas afins, na estética dramatúrgica e no lugar das artes em geral no processo de desenvolvimento da sociedade.
Como dramaturgo, escreveu diversas peças de teatro, das quais 05 foram publicadas até hoje. Realizou também vários espetáculos, tanto a nível universitário como em âmbito profissional. Privilegia nos seus espetáculos a vertente performativa, as ações reais que por vezes lhe valem críticas, e sobretudo a música e a dança que são elementos constantes da sua escrita cênica, e privilegia as linguagens teatrais. É membro de vários grupos de pesquisa.

bottom of page